Menu

tera, 19 de novembro de 2019

Segunda noite de curtas da Mostra Competitiva Nacional exibe mais seis curtas nesta quarta na Estação Porto

Festival de Vitória – Vitória Cine Vídeo

Filmes que concorrem na Mostra Competitiva Nacional de Curtas-metragens são 31.

A Mostra Competitiva traz o melhor das novas produções em curta-metragem do cinema autoral brasileiro. A curadora do Festival selecionou filmes ainda inéditos no Espírito Santo e vindos de diversos estados. Os filmes em competição concorrem às seguintes premiações: Troféu Marlin Azul para Melhor Filme em Curta-Metragem; Troféu Especial do Júri; Júri Popular; Direção; Roteiro; Ator; Atriz; Fotografia; Montagem; Concepção Sonora, Direção de Arte.

QUARTA-FEIRA (30/10) – 19h:

Abrigo ao sol (Ficção, 18’, ES), de Emerson Evêncio.

Sob o Sol deita-se a memória de uma espera e depois do horizonte. O que lhe espera? A busca idosa e pulsante move essa mulher, que tenta dar sentido ao tempo.

Pátio (Documentário, 14’, PR), de Aly Muritiba. No Pátio joga-se bola, capoeira e fala-se de liberdade.

Todos esses dias em que sou estrangeiro (Ficção, 20’, RJ), de Eduardo Morotó. Antônio está fora de seu lugar.

Cova aberta (Ficção, 20’, PB), de Ian Abé.

Os cacos de Roberta viajam pela BR230 até encontrar uma criatura mais atormentada que ela. A fim de enganar a própria dor, Roberta oferece socorro para garota. Isso fará com que ela experimente um sentimento diferente. O medo da morte.

O desejo do morto (Ficção, 33’, PB), de Ramon Porto Mota. A velhice não é uma batalha, é um massacre

Engole ou Cospervilha? (Animação, 8’, RJ), de Marão, David Mussel, Pedro Eboli, Fernada Valverde, Jonas Brandão, Giuliana Danza, Gabriel Bitar e Zé Alexandre. Vibradores, excrementos e jeans apertados.

Serviço:
Estação Porto, Centro de Vitória/ES
A partir das 19 horas
Entrada franca.

Com informações de Danielle Ewald

Comentários