Menu

tera, 21 de novembro de 2017

As Certinhas do Oleari + Poesia / Blequisbiudiful

Foto: Peter Mackay

Neguinha, pretinha… Negro
Patrícia Itaibele

– Neguinha, pretinha…
– Não me ofendi…
Adoro ser chamada pela minha cor.
Sou filha dessa terra, sou da noite, a cor.
Tenho dentro de mim orgulho de ser nega nagô…
Dá licença, tô chegando
com meus cabelos crespos, encaracolados…
Relaxa nada, ele tem atitude, ta chegando na parada…
Sai da frente que vou passar
com minha negritude,
A minha gente vou cantar.

Patrícia Itaibele
Juina, MT.
[email protected]

Comentários