Menu

sbado, 21 de setembro de 2019

Orlando Eller: O mineirim – Sessão Abobrinha

Uma garota completamente nua entrou no bar do mineirim e pediu uma caipirinha.

Ele preparou a bebida e, ao passar-lhe o copo, debruçou-se sobre o balcão e observou,

atentamente, seu corpo pelado.

Pouco depois, a garota pediu-lhe mais uma caipirinha. E o mineirim voltou a se debruçar

sobre o balcão e lhe passou os olhos, de alto a baixo.

A moça irritou-se profundamente:

― Por que você está me olhando tanto? Nunca viu uma mulher pelada?

Educadamente, como convém a um bom mineirinho, ele respondeu:

― É craru qui já vi, uai! E eu vô falá uma coisa procê… É bão dimais da conta, sô!

Mai num é prá issu quieu tô oiano…Tô é querendo sabê dondi é cocê vai tirá o

dinheiro pra pagá as caipirinha!

Comentários