Menu

tera, 19 de novembro de 2019

Pega no Samba realiza seu ensaio técnico no Sambão do Povo nesta quinta-feira 13

Diretamente do Rio de Janeiro, o ensaio terá a presença do casal mestre-sala e porta-bandeira da Mocidade Independente de Padre Miguel, Rogerio Dornelles e Lucinha Nobre

É nesta quinta, dia 13, que a escola ‘Pega no Samba’ entra no Sambão do Povo para mostrar uma prévia de como será seu desfile no Carnaval de Vitória, dia 22 de fevereiro.

O enredo é “Festa, Samba e Rock’n Roll. Uma viagem de Liverpool a Vitória: 50 anos dos Beatles”, uma mistura de samba com Rock n’ Roll

O ensaio conta com a presença do veterano casal de mestre-sala e porta-bandeira, Rogerio Dornelles e Lucinha Nobre, foto, da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio de Janeiro. 

Eles serão o mestre-sala e porta-bandeira principal do desfile deste ano da Pega no Samba. 

Lucinha Nobre é irmã do cantor Dudu Nobre. 

Outra novidade inédita no Carnaval capixaba é que a escola traz pela primeira vez a ala das baianas abrindo o desfile como a primeira ala. 

Uma inovação do carnavalesco da escola, Alex Santiago, que também criou e desenhou a fantasia, chamada “A Coroa em primeiro lugar”.

As baianas do ‘Pega’ vão representar a coroa inglesa com inspiração na Rainha Elizabeth I. Elas vêm nas cores vermelho e dourado, com uma coroa na saia, peruca de época e coroa de rainha.

A escola Pega no Samba vai homenagear os Beatles com muita festa e Rock n’ Roll. Durante o desfile, a escola trará para os foliões uma viagem de Liverpool a Vitória. 

Os compositores do samba enredo foram Alcino Junior, Roberth Melodia e Wagner Mariano.  O samba vai ser puxado por Danilo Cezar.

Além de contar a história dos Beatles, a escola também vai fazer uma viagem pela história da Inglaterra, em seus tempos de monarquia. Prova disso é que várias alas vão retratar momentos e tradições inglesas. 

A bateria da escola, por exemplo, virá vestida de “Guarda da Rainha” com fantasia inspirada na guarda inglesa, sendo a indumentária utilizada desde o período vitoriano. Vem composta de calça preta, casaco vermelho com faixa real em azul turquesa, chapéu de pelúcia preto e sapato preto.
Sobre o enredo

Cinquenta anos se passaram e suas músicas continuam guardadas na memória. 

Assim é a história dos Beatles. E para não deixar o sonho acabar, a Pega no Samba traz para o seu Carnaval 2014 o enredo “Festa, Samba e Rock’n Roll. Uma viagem de Liverpool a Vitória: 50 anos dos Beatles”.

Segundo o carnavalesco Alex Santiago, foto, o enredo revela um mundo se transformando a cada momento. 

– “Vamos falar sobre o surgimento da cidade de Liverpool, sua ascensão no contexto cultural inglês, a chegada do rock pelos marinheiros, o nascimento da banda Beatles, sua importância na história da música mundial, o fenômeno conhecido como beatlemania, as histórias por trás de grandes canções dos Beatles’, explica.


Veja em:
http://bpcrcbm-posts.donoleari.com.br/2014/02/pais-do-carnaval-pega-no-samba-abre-seu.html#sthash.fij1cpB1.dpuf
– “Neste universo de sambas, de estrelas “bambas”, um grito ecoa no céu e com o coração aberto, ao som dos Beatles, dando asas à liberdade, a Pega no Samba se enfeita para celebrar o carnaval. Vem trazer algo de novo: Samba, Rock´nroll, Beatles e Carnaval, numa mistura louca, para romper barreiras, invadir e contagiar o povo com a arte do carnaval”, complementa Alex. 

SAMBA-ENREDO
“Festa, Samba e Rock’n Roll: Uma viagem de Liverpool à Vitória, 50 anos de Beatles”
Compositores: Roberth Melodia, Wagner Mariano e Alcino Jr.
Interprete Oficial: Danilo Cesar
Vou comemorar
50 anos dessa linda trajetória
De uma banda genial
Levando ao mundo esse som sensacional
Liverpool revela suas tradições
Seus ideias, revoluções.
Nas ondas do rádio vão ressoar
Belas notas musicais
Legado presente na minha Cidade
Jovem guarda, que saudade
Continua levantando as multidões
Orgulha a rainha….
Vivo a relembrar suas canções.
Ritmo que embala gerações
Voz que não se cala, emoções,
Você vai curtir, deixa balançar
Vem que essa onda vai te conquistar
O tempo passou
Num sonho meninos atravessam o mar
Do porto partiram para encantar
A cidade onde tudo começou
Prazer, viver essa Beatlemania.
Levando nossa alegria
Ser respeitada num cantinho
Igual ao meu
Tá marcado na história
Hoje é dia de “Vitória”
Paz e amor o sonho não morreu
A estrela da festa chegou
É comunidade, nasceu pra brilhar.
É samba rock amor, vai arrepiar.
Pega no Samba tem que respeitar!
FICHA TÉCNICA
Nome da Escola: Grêmio Recreativo Escola de Samba Pega no Samba
Data de Fundação: 28/01/1976
Cores da Agremiação: Vermelho, Azul e branco
Presidente: Valdir Silva dos Santos
Presidente de Honra: Neuza de Oliveira
Carnavalesco: Alex Santiago Duarte Leite da Silva
Diretor de Carnaval: Zilmo Gomes da Silva
Diretor de Alegoria: Gabriel dos Santos
Diretor de Harmonia: Devaldo Baptista dos Santos e Alexsandro Pereira dos Santos
Primeiro Casal: Mestre Sala: Rogério Dorneles; Porta Bandeira: Lucinha Nobre (Lucia Mariana de Salles Nobre).
Rainha da Bateria: Jordana Catarina
Componentes da Bateria: 150
Interprete Oficial: Danilo Cesar
Número de carros Alegóricos: 5 (cinco) alegorias
Número de Tripés: 01 tripé
Numero de Alas: 23 Alas – variando de 60 a 150 componentes
Numero total de Componentes: 1500 pessoas
CONHEÇA UM POUCO DAS ALAS E FANTASIAS DA ESCOLA
3ª ala – O estilo Inglês de ser – PASSISTAS – Inspiração vem da pontualidade inglesa,  marca as tradições que são passadas de geração para geração. Vem nas cores azul royal com flores brancas, branco e relógios vermelhos.
4ª ala – Os Marinheiros e o Rock – A fantasia tem inspiração na mistura de marinheiros e a música, pois vem retratar a chegada do rock em Liverpool. 

5ª ala –

As influências musicais – O rock´n roll se apresentava como um produto inserido no sistema cultural interessante para a juventude, com influencia na forma de se vestir. 

Calças boca de sino, notas musicais ousadas e um colorido nas camisas marcam uma época que saía do escuro do terno inglês para roupas mais leves e coloridas. 

6ª ala – The Quarryman – A 1ª Banda musical criada por Jonh Lennon inspirada nas bandas de contra cultura inglesa skifle, movimentos musicais que surgiam nas escolas e garagens utilizando instrumentos variados e improvisados, de sopro e até piano. 

Nas cores amarelo e preto homenageando o Colégio The Quaryman high School, onde a banda foi criada vem com listras pretas e amarelas e fundo verde com acabamento em laminado de teclado, costeiro com instrumentos de sopro.

7ª ala –

Rock a billy – Representa a plateia que se empolgava com o canto dos meninos que no futuro se tornariam four fab (quatro Fabulosos).

Composta por casais, sua inspiração vem das roupas dos anos 60 e vem em quatro cores: Azul Turquesa, Rosa Pink, Vermelho Escarlate e Verde Bandeira. 

A roupa feminina é típico vestido de bolinha e o cabelo Chanel colorido acompanha a cor da roupa; a masculina é descolada compondo a sequência de cores da roupa feminina, o cabelo com um topete alto estilo Elvis. 

8ª ala – Fotógrafos e repórteres – Inspiração nos paparazzi que ajudaram a disseminar o sucesso da banda, publicavam diversas reportagens do movimento. 

Os Beatles vão ganhando fãs, dando assim o primeiro passo para a fama. Nas cores branca, preto e rosa pink, com laminação de jornal inglês.
9ª ala – 

A Beatlemania pega fogo no mundo – vem representado na cor laranja do macacão e na bandeira como adereço. 

Inspirada nas roupas utilizadas pelos jovens inglesas, que criaram um “uniforme”, a fantasia é composta por um macacão laranja, casaco estilo banda marcial amarelo de bolinha branca e branco de bolinha amarela.

As fotos dos “fab four”, acabamento ouro, bota de cano longo, chapéu militar preto, bandeira amarelo vermelho e laranja na forma de fogo.

10ª ala – A conquista da América – Após a explosão da beatlemania, a banda conquista a América com a musica I Want to Hold Your Hand ( Quero segurar a sua mão) em apresentação no programa de Edi Sullivan. A partir deste instante os quatro garotos conquistam a juventude americana, trazendo um ritmo muito pessoal. Inspirada na roupa do Tio Sam, a fantasia é confeccionada nas cores da bandeira americana: vermelho, azul e branco e adereços com estelas prata.
11ª ala – 


O Pscicodelismo – Inspirada na moda futurista lançada nos anos 60 pela influência do progresso científico com a chegada do homem à lua, nasce um estilo voltado para os ideais das teorias também de ufologia. 

Passa a integrar os Álbuns Rubber Soul e Revolver. 

A fantasia tem em sua estética losangos diagonais, nas cores azul turquesa azul royal e prata, com adereços de material transparente, é uma fantasia com estética futurista.

12ª ala – Guarda Azul – Um dos maiores trabalhos de sucesso do grupo foi o filme Yellow Submarine (SUBMARINO AMARELO) No filme aparece a figura do Blue Man, “os maldosos azuis” – eles detestavam música e decidem varrer Pepperland do mapa.
A ala tem inspiração do personagem do filme, vem na cor azul royal, calça listada amarelo com vermelho e uma arma azul para atirar pessoas congelando-as
13ª ala – Sargent pepper’s lonely hearts club band – “Sargento pimenta” – É frequentemente citado como o melhor e mais influente álbum da história do rock e da música. Esta ala é uma reprodução do figurino utilizado pelos Beatles no álbum, nas coresrepresentando John Lennon na fantasia da cor verde claro, Paul Mccarteney na fantasia na cor azul turquesa, Ringo Starr na fantasia da cor rosa pink e George Harrinson na fantasia Laranja.

14ª ala – Magic Mistery Tour “A Viagem Mágica e Misteriosa” – Após a morte de Brian Epstein, o quarteto se reúne em 1 de setembro de 1967 para traçar os rumos da banda. 

Decidiram seguir com o projeto “Magical Mystery Tour” e no dia 5 de setembro iniciam a gravação de “I Am the Walrus”. Este projeto geraria sete canções e um filme. 

A inspiração da ala vem do filme que consiste em uma viagem psicodélica em um ônibus para vários momentos e lugares. A roupa é na cor laranja, com desenho de sol representado a magia, temos um arco-iris que direciona para vários lugares, imagem de estrela e lua na capa e desenho psicodélico em branco e preto.

15ª ala – 


Paz & Amor – Os hippies foram parte do movimento de contracultura dos anos 1960.  

O símbolo da paz ☮foi desenvolvido na Inglaterra como logotipo para uma campanha pelo desarmamento nuclear, e foi adotado pelos hippies americanos que eram contra a guerra nos anos 1960. 


Jonh lennon e Yoko lutaram contra a guerra do Vietnã com o movimento que ganhou o nome de Bagism, isso leva a banda para outros caminhos que pouco a pouco levam os componentes aos interesses pessoais.   

A roupa é composta por: calça boca de sino e colete com desenhos triangulares multi coloridos, acabamento com franja branca, camisa branca, aderço essencial para o hippie que é a bolsa de lado, costeiro trazendo o símbolo ☮ os hippies pregavam não há violência, o amor livre, o socialismo libertário e criticavam as armas nucleares, tem as pombas brancas que simbolizam paz no mundo, sandálias franciscanas e lenço e cabelo longo.
16ª ala – Álbum Branco – Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame. 
A inspiração da fantasia veio da música tema do álbum branco que é While My Guitar Gently Weeps (enquanto minha guitarra gentilmente chora), a figura do arlequim no carnaval é o personagem que chora a perda da colombina, para fazer um intercâmbio entre o carnaval e os Beatles, o Arlqeuim vem de branco e verde com a guitarra que gentilmente chora. 
As cores escolhidas foram a branca, prata e verde – porque quando tiramos o LP da capa encontramos uma maça verde no disco e as letras são cada palavra que Paul e Johnn escreviam enquando tinha tempo na india, e a guitarra preta com prata mostra as lágrimas da música tema citada acima.
17ª ala – Primeira transmissão via satélite – Em 1967, a equipe do canal londrino BBC convidou os Beatles a participarem do primeiro evento transmitido mundialmente via-satélite, ao vivo simultaneamente para 26 países: o programa Our World.

A primeira transmissão via satélite da banda teve abrangência nos países dos continentes da Europa, América, Ásia, África e Oceania.

A fantasia é composta pelas bandeiras dos paises onde foi feita a trasnmissão: África do Sul, URSS, EUA, Alemanha Ocidental, Brasil, Japão, Reino Unido, Austrália, Itália, Canadá, Egito, México, Espanha e Portugal.

O costeiro traz o mapa mundi e corações com a palavra LOVE e muitas flores que fizeram parte do cenário.

18ª ala –



 A era de Aquarius invade o mundo – 

O fim dos Beatles culmina com o fim da sociedade alternativa, o fim da era de aquarius.

Mas a viagem não para, toma novos rumos e chega a terras desconhecidas.

Ao atravessar o mar, ganha novas significações. 

Esta ala tem inspiração em um ser marinho,.

Trata-se de um sobrevivente aquariano que atravessa o oceano atlântico e vem expandir-se em terras tupiniquins.

A fantasia é composta por cor azul, azul turquesa e prata.

19ª ala – 


Bossa Nova – Bossa Nova é um movimento da música popular brasileira lançado por jovens cantores e/ou compositores de classe média da zona sul carioca, derivado do samba e com forte influência do jazz. 


Com o passar dos anos, a Bossa Nova tornou-se um dos movimentos mais influentes da história da música popular brasileira. 

Esta fantasia é feita por colete e calça social risco de giz largo verde amarelo ouro, Chapéu panamá, cavaco dourado e capa a bandeira do Brasil.
20ª ala – Jovem Guarda – A Jovem Guarda foi um movimento cultural brasileiro, surgido em meados da década de 1960, que mesclava música, comportamento e moda. 

Surgida em agosto de 1965, a partir de um programa televisivo exibido pela TV Record, em São Paulo, a Jovem Guarda deu origem a toda uma nova linguagem musical e comportamental no Brasil. 

Sua alegria e descontração transformaram-na em um dos maiores fenômenos nacionais do século XX. Foi a Jovem guarda um dos maiores disseminadores da beatlemania no Brasil, imitando as roupas e os cabelos dos Beatles, conquistaram a juventude brasileira com o rock n’ rool.

A roupa tem inspiração em roupa de um artista, com calça e blezer boca de sino vem na cor degrade de lilás e ouro, camisa com gola de ponta ouro, boina, costeiro em forma de estrela com vários vinis.
21ª ala – Eterna Beatlemania – (Banda Club Big Beatles) – Sua inspiração vem dos artistas capixabas que fizeram o caminho inverso, saindo de Vitória rumo a Liverpool, cantar e difundir a música dos Beatles.

Nasce o clube de um programa de rádio feito pelo locutor Edu Henning.

A a partir daí, o Club Big Beatles nunca mais parou de encantar as casas das pessoas ociosas pela boa música britânica dos “fab four”. 

A fantasia vem na cor azul turquesa, com estrelas como adornos e tem um costeiro com a logo do Club Big Beatles.
22ª ala – Uma Mistura tropical – Beatles e Carnaval – Esta ala faz a união da homenagem da música dos Beatles e a Pega no Samba tem sua inspiração na roupa do típico malandro sambista.

A fantasia é composta por calça branca com risca de giz e camisa vermelho e branco, no costeiro de um lado uma guitarra e no outro o brasão do Pega no pandeiro, chapéu panamá  e notas musicais em vermelho e branco.
Com informações de Danielle Ewald

Comentários