Menu

quarta, 23 de outubro de 2019

Sessão Abobrinha: Arsênico só com receita

Numa pequena cidade do interior do RS, uma mulher entra em uma farmácia e fala ao farmacêutico:

– Por favor, quero comprar arsênico.

– Arsênico? Mas, não posso vender isso assim, sem mais nem menos! Qual é a finalidade?

– Matar meu marido.

– Pra este fim, piorou, minha senhora. Eu não posso vender…

A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido transando com a mulher do farmacêutico.

– Ahhhh boooom!… COM RECEITA É OOOUUUTRA COISA!

Nota da redação:

Contribuição do amigo Osvaldo Henrique Lorencini.

Comentários