Menu

segunda, 23 de abril de 2018

Lena Mara: Campinho, D. Martins, terá festas juninas com Vila Caipira

Cascata do Galo, uma das grandes atrações turísticas da sede do município.

A cidade de Campinho, situada há cerca de 45 quilômetros de Vitória, no eixo da Rodovia BR 262, foi colonizada por alemães, pomeranos e italianos, que continuam predominando na população do município, Domingos Martins.

Com cerca de 550 metros de altitude, Campinho emergiu nos anos 1970 quando o jornalista Hélio Dórea descobriu a região através de amigos leitores de sua coluna no jornal A Gazeta e começou a promover a cidade. O município conta com cerca de 32 mil habitantes. Sua composição populacional estima 73% de brancos, apenas 2,5% de negros e 24% de pardos.

O município é formado por 6 distritos: Campinyo, a sede, Melgaço, Paraju, Aracê, Santa Isabel e Biriricas, Seu principal ponto turístico é Pedra Azul, distrito de Aracê.

Em todo o município há paisagens deslumbrantes, que encantam brasileiros e estrangeiros que passam pelo Espírito Santo.

Como jornalista e conhecedora do Estado, tivemos oportunidade apresentar essas paisagens e esses encantos a inúmeros visitantes de outros estados e de outros países.
É um roteiro que vale a pena (Lena Mara).

Lena Mara é jornalista e micro-empresária. Comanda a Azteca bistrô, cafeteria, chocolateria, em Jardim Camburi, Vitória/ES.

A alegria e o colorido das festas juninas em Campinho entre os dias 6 de junho e 6 de julho.

Perto da praça principal de Campinho será recriado o cenário de uma típica vila caipira com a igrejinha, barraquinhas, música e comidas típicas.

Nos finais de semana moradores e turistas terão uma programação cultural e quitutes tradicionais como pé-de-moleque, cuscuz, canjica, cocada, quentão e bolo de aipim, entre outros.

Ao todo, seis barracas vão vender as delícias típicas das festas juninas e o restaurante Cantinho da Roça servirá um cardápio especial dentro da Vila Caipira.

A diversão para a criançada ficará por conta da barraca da pescaria e boca do palhaço.

Indispensáveis numa festa caipira, os carrinhos de pipoca, cachorro quente e milho verde cozido também estarão na v ila.

A igrejinha será o local das homenagens a Santo Antônio, São João e São Pedro.

– “Nossa experiência no ano passado, ao idealizar esta comemoração que resgata e valoriza as tradições do homem do campo, interagindo com os moradores e visitantes, foi um sucesso e movimentou positivamente nossa cidade. Estão todos convidados a participar de nossa segunda edição”, destaca o secretário municipal de Cultura e Turismo, Wellington Bleidorn (foto à direita).

Valorização de músicos locais
A programação cultural da Vila Caipira inclui a participação de artistas locais e regionais, quadrilhas e danças.

– “Nas apresentações musicais demos prioridade aos cadastrados no Programa Municipal de Valorização dos Músicos Martinenses que se enquadram no estilo e conceito desta festa, com proposta de valorizar a roça”, explica Bleidorn.

A inauguração da Vila Caipira será no próximo dia 6, às 19 horas. A partir das 18 horas a vila estará aberta ao público. As atrações seguem durante todo o mês, com atividades sempre nos finais de semana.

Programação:

2ª Vila Caipira
Data: 6 de junho a 6 de julho
Local: Praça Dr. Arthur Gerhardt, Campinho

6 de junho (sexta-feira)
18h: Abertura das Barraquinhas
19h: Abertura Oficial da Vila Caipira
19h30: Grupo San Carlos
20h: Eleição do Rei e Rainha Caipira
22h: Trio Strada

7 de junho (sábado)
12h: Abertura das barraquinhas
14h: Daniele da Concertina
16h: Amigos da Viola
20h: Evangelo e seus teclados
22h: Arraiá da Juventude
23h: Musical Valle

17 de junho (terça-feira)
16h: Brasil x México (Telão)

18 de junho (quarta-feira)
18h: Abertura das barraquinhas
20h: Alex Kefler e Banda
22h: Os Aventureiros

19 de junho (quinta-feira)
12h: Abertura das barraquinhas
14h: Evangelo e seus teclados
15h: Missa de Corpus Christi na Igreja Católica Paróquia São Geraldo
16h: Procissão de tapetes
18h: Dudu Show
20h: Amigos Pomeranos
22h: João Luiz e Christiano

20 de junho (sexta-feira)
18h: Abertura das barraquinhas
20h: Gilmar Medina (voz e violão)
22h: Renan Roveta e Banda

21 de junho (sábado)
12h: Abertura das barraquinhas
14h: Conjunto Saibel
17h: Grupo San Carlos

20h: Evangelo e seus teclados
22h: Quadrilha (foto da quadrilha do ano passado)
23h Alex Kefler e Banda

22 de junho (domingo)
14h: Lea do acordeon
18h: Evangelo e seus teclados
20h: Os Pomeranos

23 de junho (segunda)
17h: Brasil X Camarões (Telão)

27 de junho (sexta-feira)
18h: Abertura das barraquinhas
20h: Luiz Galveas e Nilsinho da Sanfona
22h: Quadrilha
23h: Evangelo e seus teclados

28 de junho (sábado)
12h: Abertura das barraquinhas
13h: Jogo Copa (telão)

16h: Trio Strada (foto à direita)
20h: Grupo San Carlos
22h: Quadrilha
23h: Kurt Som

29 de junho (domingo)
12h: Abertura das barraquinhas
13h: Jogo Copa (telão)
15h: Evangelo e seus teclados
17h: Quadrilha
18h: Conjunto Saibel
20h: Renan Roveta e Banda

4 de julho (sexta-feira)
18h: Abertura das barraquinhas
20h: Luiz Galveas e Nilsinho da Sanfona
22h: Alex Kefler e Banda

5 de julho (sábado)
12h: Abertura das barraquinhas
14h: Lea do Acordeon
16h: Quadrilha
20h: Gilmar Medina (voz e violão)
22h: Trio Strada

6 de julho (domingo)
12h: Daniele da Concertina
14h: Amigos da Viola
16h: Evangelo e seus teclados

Com informações de Lorena Müller e Monique Ferbek

Comentários