Menu

domingo, 15 de dezembro de 2019

Comportamento – Homem que lava louça é mais feliz, diz pesquisa

Sugestão de leitura de 
Rubens Pontes


Ansiedade, nervosismo e problemas de concentração sãos alguns dos transtornos comuns aos “preguiçosos” (Da Alfa)


São Paulo – Está na hora de ser um homem mais moderno, meus caros.

Lavar a louça, passar a própria camisa e arrumar a cama antes de ouvir as reclamações da esposa ou da namorada. E, segundo um estudo divulgado pela Universidade Umeå, na Suécia, tudo isso ajudará (e muito) a sua saúde.

Após acompanhar de perto a vida de 723 pessoas ao longo de 26 anos, o estudo concluiu que aqueles que não dividiam os afazeres domésticos com a parceira tinham maiores problemas de saúde. Ansiedade, nervosismo e problemas de concentração eram alguns dos transtornos comuns aos, digamos, “preguiçosos”.

Por outro lado, aqueles que topavam fazer metade dos serviços se apresentavam mais tranquilos e felizes. Na outra ponta, as mulheres que não contam com a ajuda masculina se tornam mais vulneráveis às doenças.

As complicações, afirma o estudo, acontecem por conta dos papéis assumidos por cada gênero dentro do relacionamento.
A solução para que a vida em casal se saia melhor é conversar e eliminar essas barreiras. Então já sabe: a solução é botar a barriga para ralar na beira da pia!

Fonte:
http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/homem-que-lava-louca-e-mais-feliz-diz-pesquisa

Pitaco do Oleari

Como se vê, há pesquisas e pesquisadores para tudo, qualquer bobagem, qualquer falta de assunto.
Caramba! Ralar numa pia diante um montão de tralhas, restos, gordura, espuma de detergente, fazer alguém “feliz” não é meiqui demais não?

Valáquiseji, quinem diz meu amigo pinto de parede, o Genésio da Matilde, que tem que encarar e cada um deviadi lavá uquiqui usou no café da manhã, na hora do rango, entre outros.

Mas, ser feliz por prática tão chata, tão desconfortável, tão repetitiva, ahhhhh, vão me desculpar, mas há coisas mais agradáveis para se ser feliz…

E olhem que sou dos que encaram a pia e deixam as tralhas usadas no enxugador – e ainda pega as sobras dos da casa que só sabem usar e deixam para algum desavisado lavar o que os caras de pau não lavam.
Puta merda, essa pesquisa parece até aquela de descobrir o sexo dos anjos  (Oleari).

Comentários