Menu

sbado, 18 de novembro de 2017

Rubens Pontes: A história da frase “Entre sem bater” do Barão de Itararé

O Barão de Itararé…


Barão de Itararé é uma gozação: ele criou um título nobiliárquico que não possuía em cima de uma batalha que não aconteceu, a Batalha do itararé.

Na foto, a frase “entre sem bater” tem uma história.

Num certo dia, por motivos políticos, entraram uns policiais no escritório do Barão de Itararé e lhe desceram muitas porradas “para ele aprender a ser mais respeitoso com as autoridades”.

No dia seguinte, usando de inteligente duplo sentido, ele pôs o aviso na porta: “entre sem bater”.

O gênio também usava o pseudônimo de Aporelly, mistura de Apparício com Torelly.

Frases impagáveis do Barão de Itararé :

– O uísque é uma cachaça metida a besta.

– A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota diz o que vai fazer.

– Os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são diferentes.

– Dize-me com quem andas e eu te direi se vou contigo.


E esta aqui é um primor:

– A forca é o mais desagradável dos instrumentos de corda.

Samba de 
Pedro Caetano

Uma das sua frases mais populares é “O que se leva desta vida é a vida que a gente leva”. O compositor Pedro Caetano fez um samba usando a frase do Barão como tema. Aí, com Ciro Monteiro.

Comentários