Menu

quinta, 16 de agosto de 2018

IV Festival Torta Black começa nesta quarta (13) com jongo, caxambu, e o famoso percussionista Marcos Suzano

O célebre percussionista Marcos Suzano vai dar xou e oficinas





A musicalidade de matriz africana foi a temática escolhida para a quarta edição do Festival Torta Black, que começa nesta quarta, 13, e vai até dia 15 no campus da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

O evento terá oficinas de pandeiro, caxambu e ritmos de escola de samba shows – como o do percussionista carioca Marcos Suzano – além de debate sobre a Década Internacional dos Afrodescendentes. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Teatro Universitário, a partir das 15 horas.

As atrações
O festival será aberto às 19h30m do dia 13 de abril. Em seguida, apresenta-se o Grupo Arakorim, com o hino da África. A noite de abertura terá ainda o escambo cultural, com debate sobre a Década Internacional dos Afrodescendentes, comandado pela presidente da Fundação Cultural Palmares, Cida Abreu, e por Leonor Araujo, do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal.

Na sequência, uma homenagem aos maiores ícones do jongo e caxambu no Estado: Mestra Maria Amélia e Mestra Maria Laurinda Adão, seguida da exibição do filme “O jongo no ES”, e o encerramento do primeiro dia de festival com roda de jongo e caxambu – variantes denominativas de uma dança de roda de origem angolana e fonte de inspiração para o surgimento do samba.

Os dias 14 e 15 serão dedicados às oficinas. No dia 15 haverá também a cerimônia de encerramento do evento. Além da audição com o resultado do laboratório de ritmos de escola de samba, a programação vai contar ainda com apresentações de MC Adikto (foto), Conteúdo Paralelo e Marcos Suzano, percussionista conhecido internacionalmente, que já fez parceria com astros da música brasileira, como Ney Matogrosso, Lenine, Marisa Monte e Gilberto Gil.

Sobre o Festival Torta Black
O Centro Cultural Caieiras foi o idealizador e realizador de todas as edições do Festival Torta Black, tendo as duas primeiras acontecido na Ilha das Caieiras, Vitória – ES, na Estação Ecológica Municipal Ilha Do Lameirão. 

Com uma programação diversificada, mas sempre focada na valorização e divulgação de manifestações artísticas e culturais de identidade negra, as duas primeiras edições tiveram apenas um dia de evento.

O III Festival Torta Black aconteceu nos dias 12 e 13 Dezembro de 2014, na Fábrica de Ideias, em Jucutuquara, com participação de coletivos de hip hop, DJs, MCs, grupos musicais de samba, bandas de congo, caxambu, ticumbi e segmentos produtivos da gastronomia e do artesanato.

Na edição deste ano, o Festival será no campus da Ufes, reunindo a cultura de raiz – representada pelo jongo e o caxambu – além das manifestações contemporâneas como o hip hop, mantendo sempre a programação diversificada e promovendo o intercâmbio entre os artistas locais e de outro Estado em um só lugar.

PROGRAMAÇÃO


Mestra Maria Amélia, Conceição da Barra, Norte do ES



13 DE ABRIL DE 2016
UFES – Cine Metrópolis
19h30 – Abertura Oficial do Evento
19h45 – Grupo Arakorim – Hino da África
20h – Painel de Abertura – “Década Internacional dos Afrodescendentes: Reconhecimento – Justiça – Desenvolvimento.” Reflexões sobre Políticas Públicas para a década e a contribuição significativa feita pelos Afrodescendentes à nossa sociedade”.

Mestra Maria Laurinda Adão,
Comunidade Kilombola de Monte Alegre, Cachoeiro de Itapemirim/ES

21h – “Homenagem ao Jongo/Caxambú” e aos maiores ícones desta tradição no Estado: Do Norte (Conceição da Barra), a Mestra Maria Amélia. Do Sul (Comunidade Kilombola de Monte Alegre), será a Mestra Maria Laurinda Adão
21h15 – Exibição do filme “O jongo no ES” (16 min)
21h30 – Roda de Jongo

14 DE ABRIL DE 2016
UFES – CEMUNI V
14h às 17h – Oficina de Caxambu ministrada pelos integrantes do Caxambú Santa Cruz

14 e 15 DE ABRIL DE 2016
UFES – Estúdio de Música
14h às 17h – Oficina de Pandeiro com Marcos Suzano. Apresentação de técnicas e inovações no modo de tocar o pandeiro

UFES – Cantina do Centro de Artes

19h às 22h – Oficina de Ritmos de Escolas de Samba com Glaydson Santos. Terá apresentação dos instrumentos e a demonstração das diversas técnicas e levadas das baterias das Escolas de Samba de Vitória e do Rio de Janeiro

15 DE ABRIL DE 2016
Teatro da UFES
19h – Audição com o resultados da oficina de Ritmos de Samba
19h45 – Show MC Adikto
20h 45 – Show Conteúdo Paralelo (foto)
21h30 – Show Marcos Suzano

SERVIÇO
IV Festival Torta Black
Datas: 13, 14 e 15 de abril
Local: Campus da Ufes
Entrada: Franca (o ingresso deve ser retirado na bilheteria do Teatro Universitário, a partir das 15h)

Enviado por

Comentários