Menu

quarta, 13 de dezembro de 2017

Alza Alves: xou com casa cheia / Os prejuizos que tenho tido com a Vivo / Azen Academia promove / TC comeemora Lei de RF / Diagonal

Diagonal, coluna 
do Oleari – 

Veja também: os prejuízos que tenho tido com a Vivo














Na foto, a banda “Conjunto”, tendo a estrela da noite, Alza alves, no centro, depois do sucesso do xou lançamento do CD Aproximadamente Eu. Da esquerda para a direita: Alba Alves, irmã, Roger Bezerra (piano), Sergio Benevenuto (o faz tudo e toca tudo pegou de violão num número), Fábio Calazans (guitarra), e Edu Sjanbrum, o mago da bageria de das percussões.

Valeu a noite. Música boa, antídoto contra o lixo do breganojo universitário ou “popnejo”, segundo os Cadernos 2 da vida, tempo certo, a tempo de um exigido bis. “Prima do Zé” e “Do Nada” ficaram ótimas ao vivo, tipo som que te convida pra mais um uisque, entroutros. Muita gente caiu no embalanço de “Prece ao Vento”, que não se ouve mais em lugar nenhum – a não ser na programação musical experimental da Rádio Clube da Boa Música (em www.donoleari.combr) – e que Alza teve coragem de encarar nestes tempos bicudos musicalmente (pranum sifalá bicudos em mais um tantão de coisas).

Os prejuízos que 
a Vivo me dá

Um perrengue fixo da Vivo que mantenho há um tempim é um horror. Só descobri bastante tempo depois de ter assinado. Um tanto de gente me dizia: – poxa, liguei praquele seu telefone fixo, ele nunca atende, diz que não existe e outras alegações…

Pois é: o maldito fixo da Vivo, aqui no pedaço, sempre dando semana inteira a informação:

– NENHUMA REDE ENCONTRADA.

Ora, cacete, nenhuma rede encontrada? E aí? eu, o brasilerim da silva idiota,
liga, reclama, dão as mais esfarrapadas desculpas possíveis e o telefone continua tando:

– NENHUMA REDE ENCONTRADA.

Ahhh, acho que vou deixar de ser babaca – ou panaca – ou idiota, e vou partir pra cima da Vivo, uma companhia quinumtem o menor respeito pelo usuário.
Procon nela.

Azen Academia #partiutreino

Quer uma boa razão para deixar a preguiça de lado, tirar a roupa de ginástica da gaveta e começar a se exercitar? 

Então fique ligado na superpromoção no IG da @azenacademia que vai oferecer 1 mensalidade, 1 avaliação física e 1 consulta nutricional. 

Para participar, siga a Azen no Instagram, leia as orientações do regulamento e cruze os dedos! O sorteio acontece no dia 15 de abril.

Informações:
Taynara Pirovani – (27) 9 9838-0926
Tríade Comunicação – (27) 3225-0099



Quinze anos da 
Lei de Responsabilidade Fiscal

Enviado pelo jornalista Orlando Eller

Uma nova coletânea de artigos de renomados advogados brasileiros, intitulada Responsabilidade Fiscal – Análise da Lei Complementar Nº 101/2000, será lançada às 18 horas do dia 18, sexta-feira, no auditório do Tribunal de Contas, que cedeu espaço para a ocasião.

Composta de 44 artigos de 55 especialistas no assunto — entre eles os conselheiros Sérgio Aboudib, Domingos Taufner e Marco Antônio da Silva — a publicação comemora os quinze anos da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Estarão presentes o ouvidor-geral do Conselho Nacional de Justiça da OAB, Luiz Claudio Allemand, o desembargador federal do Tribunal Regional da 2ª Região, Marcus Abraham, e o ex-presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coelho. A  renda auferida no lançamento será destinada à Associação dos Diabéticos do Espírito Santo.

O resultado financeiro da venda do livro será destinado à Associação de Diabéticos do Espírito Santo e Amigos (Adies).

Nesta quarta, 
José Carlos Oliveira   

Recebi o convite do jornalista José Roberto Santos Neves para participar do debate sobre o famoso jornalista e cronista Carlinhos Oliveira.
Será naBiblioteca Pública do Espírito Santo, Av. João Batista Parra, 165 – Praia do Suá – Vitória – ES
(27) 3137- 9351

Comentários