Menu

quarta, 26 de setembro de 2018

Poesia todo dia – Hudson Ribeiro: Nossa pele é linguagem






Hudson Ribeiro






A cor negra da nossa pele é linguagem
Do mais profundo pensamento
Quando as formas originárias
Rabiscavam tênues os mundos
E os sons coloridos se mesclavam
Em uma obra singularmente conjunta
A cor negra resplandecia
Sendo a luz da noite e a noite do dia
Quando as formas originárias
Rabiscavam tênues os mundos
E os sons coloridos se mesclavam
Em uma obra singularmente conjunta
Fomos nós os primeiros convidados
A contemplar a maravilhosa cena
Territorialidade habitada por nossa gente junta.

Africanta: Ser Negro – Hudson Ribeiro
Bom dia!




Hudson Ribeiro
é professor, 
é poeta

Comentários