Menu

sexta, 17 de novembro de 2017

Financiamento coletivo viabiliza show de hip-hop com Emicida e outras atrações


Definir e financiar a realização de eventos culturais a partir da ação direta do próprio público, é assim que funciona o crowdfunding ou financiamento coletivo. 

Seguindo essa forma contemporânea e gregária de viabilizar a produção cultural, no próximo dia 13 de agosto acontece o show “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa…”, do rapper paulista Emicida.

Ele vai dividir o palco com as apresentações de seu conterrâneo Kamau e da dupla capixaba Preta Root’s. Será um encontro imperdível de gerações do hip hop brasileiro!

Feito em parceria com o site Embolacha, essa atividade é uma realização do Infinitas Colabora, selo de projetos colaborativos da multiplataforma Infinitas, e faz parte da programação do Hub Arena Pop Up, espaço temporário multi-eventos do Shopping Vitória. 

A aquisição de ingressos através do financiamento coletivo pode ser feita até o próximo dia 10 de agosto pelo link: www.embolacha.com.br/projects/emicida-em-vitoria . O evento também conta com o patrocínio da Mavericks e da Supra Footwear.

Sobre os Shows
Essa será a terceira vez que Emicida se apresenta em Vitória. Para o palco, ele levará um show que faz o público embarcar numa viagem musical pela África. “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos…” é também o nome de seu último disco lançado no final de 2015 e que resultou de sua estada por 20 dias no continente africano com passagens por Cabo Verde e Angola. 

Nas músicas, o rapper toca em temas como o amor, o racismo e, claro, a África. O disco contou com participações especiais de Caetano Veloso e Vanessa da Mata e com novos nomes do rap como J. Ghetto, Drik Barbosa, Rico Dalasam, Amiri, Raphão Alaafin e Muzzike.

Mesmo com um repertório focado no disco, o show traz novas interpretações para canções do disco “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui” e das mixtapes desde o início da carreira, além de surpresas que Emicida escolhe a cada apresentação. Xuxa Levy, produtor de “Sobre Crianças..”, assina a direção musical do espetáculo. O figurino é de João Pimenta.

Visto como referência por muitos dos MCs em destaque na cena atual e também admirado por veteranos, Kamau (foto) rima desde 1997 e já dividiu palcos e gravações com várias gerações do rap brasileiro e mundial. 

Rapper, compositor, beatmaker e skatista, Kamau já passou pelos grupos Consequência, Instituto e Quinto Andar. Disciplinado e sempre em busca da rimas e batidas perfeitas, seu primeiro álbum solo, “Non Ducor Duco”, foi lançado em 2008 e eleito um dos 25 melhores discos nacionais do ano pela Rolling Stone, melhor disco de hip hop pela Rádio Cultura Brasil e pelo blog Rapevolusom.

Quem ouviu sua primeira música solo, “Numtointendendu”, ainda no grupo Consequência, não fazia ideia do caminho que o MC trilharia e aonde iria chegar: álbum aclamado pela crítica, fãs com trechos de suas músicas tatuados, participações no programa Yo! MTV com uma inesquecível entrevista ao rapper Sabotage, indicações no VMB da MTV, quatro videoclipes lançados em menos de três anos e o reconhecimento de fãs e outros artistas em todo o mundo.

Criado em 2007, a dupla Preta Root’s surgiu a partir do encontro de Rayssa Braz e Dayane P Drita em rodas de freestyle pelas ruas da Grande Vitória. Na época, P Drita fazia parte de um outro grupo de hip hop formado, majoritariamente, por homens e, a partir daí, foi procurar outros espaços e oportunidades para se expressar. Rayssa não integrava nenhum grupo, mas já improvisava rimas e escrevia letras de hap.

Com pensamento crítico e talento musical apurados, Preta Root’s tem contribuído para o fortalecimento da presença feminina no hip hop e apresenta uma criação musical marcada pela liberdade e pela variedade sonora, destaque para a música “Trabalhador Brasileiro” na qual a dupla mistura o Hap com o Samba Rock.

Como funciona o Infinitas Colabora
Por meio do Infinitas Colabora, fãs e demais interessados poderão se mobilizar online e confirmar as atrações a partir da compra antecipada de ingressos promocionais atrelada ao recebimento de recompensas disponíveis. Essa forma contemporânea para fazer acontecer eventos e projetos os mais diversos chega para suprir uma das grandes dificuldades dos produtores culturais locais: colocar a capital capixaba no circuito dos melhores shows do país. Por meio do selo, será possível viabilizar, com diversas casas e parceiros, uma intensa e continua agenda de eventos em Vitória e na Região Metropolitana.

Para participar basta comprar um ingresso via plataforma Infinitas Colabora. Além do preço promocional, a compra antecipada ajuda na confirmação da atração e, junto com o ingresso, é possível adquirir outras recompensas disponíveis. Como por exemplo, receber kits promocionais, citação nas redes sociais de agradecimento ou produtos exclusivos dos artistas. A campanha dando certo, o show é confirmado. Caso contrário, se a campanha não obtiver sucesso até o prazo determinado, todo mundo recebe seu dinheiro de volta.

Sobra a Embolacha
Segundo Vitor Paiva, diretor de comunicação da Embolacha, ainda serão necessários cerca de cinco anos para que o público e o mercado brasileiros entendam o impacto desse novo modelo econômico. 

– “O cenário nacional é tão prolífico quanto no resto do mundo, onde não só músicos, mas também designers, escritores e artistas em geral desenvolvem produtos a partir da consulta direta ao público em geral. Vivemos hoje uma nova ordem sob demanda, onde o público consome artigos exclusivos e tem contato direto com seus artistas e criadores favoritos”, explica.

Ainda segundo Vitor Paiva, a parceria da Embolacha com o Infinitas Colabora é uma importante porta para que o público do Espírito Santo entenda a lógica do financiamento coletivo.

–  “É também essencial para estimular e fortalecer a circulação de artistas nacionais independentes e com carreiras em desenvolvimento otimizando riscos e aproximando seus trabalhos do público capixaba”, completa.

Surgida em 2011, a Embolacha tem desenvolvido o modelo de financiamento coletivo no universo da música independente brasileira e foi influenciada pelo boom da plataforma americana Kickstarter. 

Essa iniciativa também partiu da experiência com o selo independente Bolacha Discos, iniciativa que busca criar ações de marketing remuneradas, aliada ao engajamento das redes dos artistas da música. 

A Embolacha ainda conta uma loja onde os artistas podem vender seus produtos com segurança, oferecendo diversas formas de pagamento.


Serviço:
Show Infinitas Colabora / Emicida, Kamau e Preta Root’s
Quando: 13 de agosto de 2016
Local: Hub Arena Pop Up – Estacionamento do Shopping Vitória – Av. Américo Buaiz, 200 – Enseada do Suá / Vitória-ES
Venda de ingressos
Pelo financiamento colaborativo no site Embolacha: www.embolacha.com.br/projects/emicida-em-vitoria

Informações: Paulo Gois Bastos / (27) 3345-9148 e 98134 6831

Comentários