Menu

tera, 21 de novembro de 2017

Sinfônica do ES: Mozart, Mendelssohn e estreia de obra do jovem compositor Graciano Arruda nesta quarta e quinta no Theatro C. Gomes




Sinfônica do ES: Mozart, Mendelssohn e a estreia de obra de jovem compositor são os destaques dos concertos da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses).

As obras dos compositores Mozart e Mendelssohn serão apresentadas nestas quarta (26) e quinta-feira (27), no Palco do tradicional Teatro Carlos Gomes. Dando continuidade aos programas de concertos da Orquestra, o destaque é a estreia mundial de uma obra escrita pelo músico capixaba Graciano Arruda. Com início às 20 horas, a regência ficará a cargo do Maestro Titular, Helder Trefzger.

O programa

Do compositor Mozart será apresentado o célebre Concerto para violino n.º 3, conhecido como “Estrasburgo”. A peça chama a atenção para o segundo movimento da obra, carregado de lirismo, onde o violino canta uma partitura repleta de belas melodias. 

O solo ficará a cargo do violinista Filipe Dost (foto), que já tocou sob a regência de grandes maestros, como Zubin Mehta e Isaac Karabtchevsky, e acompanhou solistas renomados, sendo eles Antonio Meneses, Fabio Zanon, Julian Rachlin, Emmanuele Baldini, entre outros.

Em 2012 foi o vencedor do concurso de jovens solistas do Instituto Baccarelli, solando na Sala São Paulo sob a regência de Isaac Karabtchevsky. Em 2013 foi finalista no concurso de jovens solistas da USP e em 2015 recebeu menção honrosa no concurso de jovens solistas da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos. Neste ano foi aprovado em 1° lugar no concurso da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo.

Grande estreia

Outro destaque do concerto é a estreia mundial de uma abertura escrita pelo músico capixaba Graciano Arruda, que é bacharelando em música, com habilitação em composição – ênfase em Trilha Musical, pela Universidade do Espírito Santo – UFES.

Graciano Arruda também é ex-aluno do curso de piano popular da Faculdade de Música do Espírito Santo (FAMES) e concluiu, em 2016, o curso de formação musical com habilitação instrumental (Piano Erudito) na mesma Instituição. A sua obra “Overture”, que significa Abertura, composta inicialmente para piano e que, depois de orquestrada, foi mostrada ao Maestro Titular da Oses, Helder Trefzger, que a programou para essa apresentação.

De acordo com o compositor, “a inspiração foi a partir da imagem da maré. A primeira parte foi baseada na fluidez das águas e a segunda parte foi inspirada na imagem de peixes saltando contra a maré. Esse foi o ponto da inspiração para a composição”.


Para completar o programa, uma grande obra emblemática, escrita em 1829, pelo compositor alemão Felix Mendelssohn. 

Trata-se da sua Sinfonia n.º 5, conhecida como Sinfonia da Reforma. O título foi dado por Mendelssohn para celebrar o tri-centenário da Confissão de Augsburg, de 1530, na qual a fé protestante foi definida e a igreja luterana oficialmente estabelecida.

Serviço:
Orquestra Sinfônica Do Estado Do Espírito Santo
Temporada 2017

“Séries pré-estreia e concertos sinfônicos”

Obras: Mozart, Mendelssohn e Graciano Arruda
Regência: Maestro Helder Trefzger
Solista: Filipe Dost, violino (foto)
Local: Teatro Carlos Gomes
Data: 26 e 27/4
Horário: 20h
Ingressos: R$2,00 (inteira) e R$1,00 (meia). Ingressos na bilheteria do Teatro. 27 – 3132-8399

Comentários