Menu

tera, 21 de novembro de 2017

Chef Junior Durski, da rede Madero, dá Dicas para harmonizar vinhos e comidas

Chef Junior Durski, do Madero 
– Foto: Nilo Biazzetto Neto



Curitiba, 21 de junho de 2017 –

O chef da rede de restaurantes Madero, Junior Durski, é um grande apreciador de vinhos e possui em Curitiba uma das principais adegas do Brasil: são mais de 2.500 rótulos, mais de 100 safras de 25 países, sendo a mais antiga de 1.780.

A admiração do chef pela bebida reflete na carta de vinhos dos restaurantes do Madero, que oferece uma seleção de diversos países, uvas, safras e preços. 

Desde uma taça do vinho Madeira Justino’s (Portugal) por R$10,00, até o icônico Don Melchor, um dos vinhos mais famosos produzidos no Chile, por R$789 a garrafa.

–  “Como um apaixonado por vinhos, tenho um cuidado especial com a seleção dos rótulos do Madero. Aqui os clientes sabem que vão encontrar bons vinhos com preço justo. Quero proporcionar uma experiência completa aos clientes”, explica o chef.

A harmonização de vinhos e pratos é outra preocupação do chef, que procura dar dicas sobre combinações e sabores que se complementam. “Um vinho e um prato harmonizados fazem toda a diferença em uma refeição, por isso compartilho minhas preferências”, conta Durski.




As dicas do chef Junior Durski 
para harmonizar vinhos e pratos

1. Quem adora linguicinha grelhada a dica é pedir uma Cava Don Román Brut (Espanha) ou um belo Champagne, gosto muito do Deutz Classic Brut (França). Ambos combinam super bem;

2. Para quem, assim como eu, adora um cheeseburger, recomendo o vinho Roca Bonarda Sangiovese (Argentina), que tem um vermelho intenso e acidez moderada;

3. A carne de cordeiro ou o de bife de chorizo harmonizam bem com o vinho Marqués de Tomares Reserva (Espanha);

4. Um filé argentino fica ainda melhor ao lado de um vinho Luccarelli Primitivo IGP (Itália);

5. Para quem gosta de filé mignon, pode investir no Don Román (Espanha), um vinho cor de rubi e aroma de baunilha, fica perfeito com a carne;

6. Outra dica para quem adora mignon é o vinho Marquês de Borba (Portugal), que tem um vermelho intenso e aromas de amora e cassis, delicioso;

7. O aroma de fruta madura do vinho Nieto Senetiner Reserva Chardonnay (Argentina) é ideal para acompanhar um frango com ervas finas, peixes ou camarões;

8. Para os vegetarianos, o vinho que combina com saladas e fica perfeito com o nosso palmito pupunha assado, é o Cefiro Reserva Sauvignon Blanc (Chile). Um vinho com aromas herbáceos, como arruda, e de fruta fresca como o maracujá, tem acidez marcante e um final de boca muito fresco;

9. E por fim, uma dica de vinho para acompanhar uma sobremesa de chocolate. Sugiro o Madeira Justino´s, fica muito gostoso com o brownie de chocolate do Madero, por exemplo.

Sobre o Madero
Fundado em 2005 pelo chef Junior Durski, o Madero é uma das principais redes de restaurantes do Brasil, com dois principais modelos de negócio em operação: Steak House (casual dining) e Container (fast casual). 

A marca é reconhecida por produzir e servir cheeseburgers gourmet, o carro-chefe, além de carnes, massas, saladas e sobremesas – com rigoroso controle de qualidade, em um ambiente diferenciado. 
Atualmente, são quase 100 restaurantes em 11 estados, um no Distrito Federal e um em Miami, que juntos faturaram em 2016 R$ 446 milhões. 
Para abastecer a rede, o Madero possui uma fábrica no Paraná com capacidade de produzir 2 milhões de hamburgers mês. Para 2017, seu plano de expansão prevê 40 novos restaurantes.

Com Letícia Passos

Comentários