Menu

segunda, 09 de dezembro de 2019

Madero CWB comemora desempenho na Taça Ouro

Equipe enfrentou dois jogos acirrados fora de casa

Depois de uma partida exaustiva na quarta-feira (2), as jogadoras do Madero CWB enfrentaram mais duas horas de jogo na quinta (3) contra o Sesi SP, pela Taça Ouro, no Ginásio do Sesi de Santo André (SP).

A equipe curitibana chegou a ganhar o primeiro set mas acabou perdendo o jogo por 3 sets a 1 para o time da casa (20×25, 29×27, 26×24, 25×20).

A Taça Ouro foi a primeira competição nacional disputada pelo Madero CWB.

–  “Não encaro como uma derrota, mas como uma conquista de um grupo que deu o melhor de si e que acreditou nesse projeto e nessa história de reconstrução do vôlei em Curitiba. A nossa grande medalha foi a união que esse projeto trouxe. A principal lição é que nós podemos! E o envolvimento de cada um para isso foi fundamental”, avalia Clésio Prado, técnico da equipe.

O coordenador e padrinho da equipe Giba elogiou o desempenho e a garra das 17 jogadoras. 

– “Não acredito que algum time conseguiria fazer o que fizemos em tão pouco tempo. Mas o sonho ainda não acabou e esse foi só o primeiro passo de uma longa caminhada. Agradeço a todos os patrocinadores e colaboradores pelo que fizeram e pelo que ainda vão fazer principalmente para que a cidade de Curitiba possa reviver um sonho. E de um sonho a gente nunca desiste”, disse.

Ao lado de Giba na coordenação do projeto, a ex-tenista Gisele Miró disse que o sentimento é de um grupo único e unido.

–  “A gente fez em pouquíssimo tempo o que o Paraná não fazia há anos. Estou muito feliz em fazer parte desse grupo, com essa comissão técnica, jogadoras mais experientes e também as mais novas. Agradecer a cada patrocinador que acreditou e nos fez sentir como um time de elite. Agora é o momento de avaliar os próximos passos do projeto e movimentar a cidade outra vez”, comentou.

A jogadora capixaba Dani Leal está na equipe do Madero (Foto: Valtenci Santos).

Sobre o Madero CWB

O Madero CWB é um projeto coordenado pelo ex-jogador e medalhista olímpico Giba e pela ex-tenista Gisele Miró. 
Com o comando do técnico Clésio Prado, 17 jogadoras fazem parte da equipe, entre elas as medalhistas de ouro olímpicas Valeskinha e Fernandinha. 

Além do Madero, o time conta com outros patrocinadores, como Itaipu Binacional, Fomento Paraná, Copel Telecom e Ueg, e apoio do Círculo Militar do Paraná, Universidade Tuiuti do Paraná, Zebra, Imobiliária Prates, L´Equipe, Clínica de Ortopedia Artro, Woods, Bourbon Convention Hotel, Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude e Secretaria de Estado do Esporte e Turismo do Governo do Paraná.

Comentários