Menu

segunda, 23 de abril de 2018

Manoel Manhães ressuscita The New Ynhok Times no novo Portal Don Oleari

PItaco do Oleari

 

Mantive a data de um cabeçalho que salvei à época.

Eles fizeram em três um excelente trabalho na cena do que eu sempre tratei de iscrachumor.

Era um trio da pesada: Manoel Manhães, Valerio Depollo e Roney Moraes, o único dos três que tive o privilégio de conhecer pessoalmente, durante um papo vinho no Cirene’s, na capital secreta do muuunnndooo…e cujo prazo de validade venceu há um tempim para tristeza de todos nós, admiradores do seu trabalho e da sua inteligência.

Das melhores coisas que a gente viu na cena do humor no Espírito Santo na década 2000 a 2010, salvo engano do digitador desta linha aqui.

Vida seguiu, outros rumos atravessaram a vida de cada um do trio, The New Ynhok Times ficou nos registros do infalível Dotô Gugou, sem o qual não tenho a menor ideia do que seria a gente sobreviver nos dias atuais.

Sei não, Manoel Manhães, mas pode faltar água, faltar luz, faltar pinga, faltar cerveja..
Mas Google – nem me fale, gentem – nunpodi fartá, nunsinhô.

É a ressurreição do The NYT, para cujo trio meu parceiro e guru Rubens Pontes sempre me dizia:

– esses seus amigos de Cachoeiro de Itapemirim são excelentes!

Fiz o convite ao Manoel Manhães e confesso que ele me fez muito feliz por ter topado. No mais, quinemqui diz ele – e eu assino embaixo – qualquer coisa nós negamos e “só calamos diante do juiz”. Eu disse “calamos” e não “falamos”, bem entendido?

Brasília, Urgente!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários