Menu

domingo, 20 de maio de 2018

Quatro episódios da série “Irmão do Jorel”, de Juliano Enrico, encerram temporada do 24º Festival de Cinema de Vitória Itinerante

Após percorrer o litoral do Espírito Santo de norte a sul, o festival faz sua última sessão nesta sexta-feira, 2, numa sala de cinema montada ao ar livre no estacionamento do Cine Metrópolis, na Ufes (Universidade Federal do ES), em Vitória/ES.

Serão exibidos quatro episódios da série de desenho animado “Irmão do Jorel”, criada e dirigida por Juliano Enrico (foto), numa co-produção da Cartoon Network Brasil e da Copa Studio. São eles: “Em Busca da Felicidade”, “Elefante de Porcelana”, “Dormindo, Acordado, Dormindo” e “Eject Especial”.

Primeira série de animação original do Cartoon Network realizada na América Latina, “Irmão do Jorel” fez sua estreia em 2014 e, dois anos depois, estreava a segunda temporada, ambas com 26 episódios cada uma.
A série narra confusões, algumas bem sérias e outras nem tanto, todas bem típicas de um ambiente familiar brasileiro da década de 1980, em meio a aventuras surreais e sem-sentido, sempre a partir da perspectiva do Irmão do Jorel.

O 24º Festival de Cinema de Vitória Itinerante

Na estrada desde o início de janeiro, o 24º Festival de Cinema de Vitória Itinerante alia o turismo ao lazer cultural para promover as belezas do litoral capixaba e difundir o cinema brasileiro. Por onde passa, esse circuito de cinema ao ar livre recria uma verdadeira sala de cinema com equipamentos de projeção e de som adequados, cadeiras para os espectadores e até um tapete vermelho. É uma forma afetuosa e descompromissada de aproximar o cinema nacional do público de moradores e turistas.

Realização: 24° Festival de Cinema de Vitória Itinerante – Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte.

Patrocínio: Ministério da Cultura, através da lei de incentivo à cultura, do Governo Federal e da Petrobras.

Apoio: Rede Gazeta, Arcelor Mittal Tubarão, Caixa Econômica Federal e prefeituras locais. O circuito de cinema segue até o próximo dia 2 de fevereiro percorrendo litoral do Espírito Santo de norte a sul.

Sessões em Iriri, litoral Sul do ES, e em Pontal do Ipiranga, litoral Norte do ES.

SERVIÇO

24° Festival de Cinema de Vitória Itinerante

Estacionamento do Cine Metrópolis/Ufes – Vitória- ES

– 2 de fevereiro de 2018 (Sexta-Feira), às 19 horas

Série “Irmão do Jorel” de Juliano Enrico. Episódios “Em Busca da Liberdade”, “Elefante de Porcelana”, “Dormindo, Acordado, Dormindo” e “Eject Especial”. Entrada franca!

“Irmão do Jorel”, de Juliano Enrico (Animação, 45 minutos, RJ-SP-ES / Classificação: Livre)
Sinopse: o cotidiano de uma família excêntrica e extravagante da década de 1980. Jorel é o filho do meio, com o cabelo sedoso e bem liso e uma maneira doce e atraente para ganhar meninas, que faz dele o cara mais popular da cidade. No entanto, o show não gira em torno dele, mas em torno de seu irmão mais novo, um garoto tímido e sem nome e sempre chamado de “Irmão do Jorel”. Sendo quase sempre ofuscado pela fama e popularidade de seu irmão mais velho, Irmão do Jorel tenta ganhar sua própria identidade e ser alguém importante da família.

Os episódios:

– Em Busca da Felicidade (2017) / Sinopse: Irmão do Jorel viaja de carro pela estrada com as suas avós enquanto estão sendo perseguidos pela polícia e isso pode ser bem perigoso.

– Elefante de Porcelana (2017) / Sinopse: durante o trabalho em dupla da escola que a Professora Adelaide pediu no feriado, Lara faz uma grande revelação que choca Irmão do Jorel.

– Dormindo, Acordado, Dormindo (2017) / Sinopse: enquanto tenta assistir ao momento exato em que a noite vira dia, Irmão do Jorel não sabe mais se está acordado dormindo ou dormindo acordado.

– Eject Especial (2017) / Sinopse: para tirar sua tristeza, Irmão do Jorel quer gravar o último episódio da sua série favorita “Microwave Warriors”, mas para tirar uma fita que estava no videocassete do aparelho de DVD da Vovó Gigi, é preciso apertar o botão “Eject”, mas quando o botão não funciona, Irmão do Jorel aperta o botão Eject Especial e tudo que foi gravado na fita, acaba sendo transportado para a realidade.

Danielle Ewald

Edição final: OO.

Comentários