Menu

quarta, 14 de novembro de 2018

Governo do ES inaugura a maior barragem do Estado entre Pinheiros e Boa Esperança

Enviado por Ramon Barros / Por Redação AQUI NOTICIAS.com – 31 de Março de 2018

A maior barragem do Espírito Santo está entregue aos municípios de Pinheiros e Boa Esperança. Na manhã deste sábado (31), a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) inaugurou a barragem Engenheiro Agrônomo Valter Matielo.

O reservatório tem capacidade de armazenar 17 bilhões de litros de água em 256 hectares de área alagada, o equivalente a 256 campos de futebol. O investimento para a conclusão da obra foi de R$ 8,3 milhões.

A obra teve início há mais de 10 anos com um convênio entre o município de Pinheiros e o Governo Federal e ficou por oito anos paralisada. Em 2016, o Governo do Estado assumiu a obra e concluiu a construção do reservatório. A barragem faz parte do Programa Estadual de Construção de Barragens. Até a conclusão da Barragem do Rio Jucu, a de Pinheiros e Boa Esperança será a maior do Espírito Santo.

A solenidade contou com a presença do governador Paulo Hartung; secretário da Agricultura, Octaciano Neto; prefeito de Boa Esperança, Lauro Vieira; prefeito de Pinheiros, Arnóbio Pinheiro, além de lideranças estaduais e da região.

O governador Paulo Hartung destacou que a barragem é um marco na história do Estado com a conclusão de uma obra de responsabilidade do Governo Federal, assumida e concluída pelo Governo do ES. Hartung destacou ainda que a nova barragem é fruto de uma conquista coletiva. Além da segurança hídrica, a barragem pode ser uma oportunidade de desenvolvimento socioeconômico da região.

O governador defendeu a necessidade da população ser consciente sobre a importância de proteger nascentes e preservar a cobertura florestal.

– “É muita alegria participar de um evento como este. Além desta que está pronta, estamos construindo outras barragens em todo Estado. É a primeira vez que o Espírito Santo tem um Programa de Barragens. É importante deixar claro que só barragem não é o suficiente. Temos que mudar nossa relação de consumo com o meio ambiente. Conclamo as lideranças para plantarmos árvores. Vamos cuidar das nascentes e refazer a cobertura florestal estratégica de nosso Estado. Temos que mudar o comportamento. Deixo a todos esta importante reflexão”, disse Hartung.

O secretário Octaciano Neto mostrou algumas ações do Governo para ampliar a reservação de água no Espírito Santo. Ele destacou que a barragem resolve o problema de falta de água das cidades de Pinheiros e Boa Esperançaem períodos de estiagem.

– “Este é um dos dias mais felizes nestes três anos e meio que estou no governo. A barragem só foi concluída após o governador Paulo Hartung solicitar que o Estado assumisse a obra, em 2016. Essa barragem tem capacidade de armazenar água por oito anos para a população de Boa Esperança e Pinheiros. Além do Programa, a Seag também possui importantes ações para a agricultura, como o Caminhos do Campo, o Campo Digital, entrega de equipamentos e instalação de pontes. Tudo isso é possível realizar pelo Governo por estar com as contas em dia”.

Fellipo Matielo, filho do engenheiro Valter Matielo, disse que está muito emocionado com a barragem que leva o nome de seu pai.

– “É muito gratificante receber uma homenagem dessa. É o fruto do reconhecimento do trabalho do meu pai. É uma região que sofre muito com a carência de água e com a barragem vai beneficiar muito as famílias de Pinheiros e Boa Esperança”, disse Matielo.

Ademir Gregório, empresário de Boa Esperança, disse que está muito feliz com a entrega da barragem.
– “Esperamos por mais de dez anos. Muitas pessoas falavam que essa barragem não ia encher e hoje vemos ela transbordar. É uma barragem muito importante tanto para Pinheiros quanto para Boa Esperança”, comentou o empresário.

Programa Estadual de Construção de Barragens

O Programa Estadual de Construção de Barragens prevê o investimento de R$ 60 milhões, por meio de recursos da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), para a implantação de 60 reservatórios de água no interior do Estado até o final do ano. O objetivo é aumentar o armazenamento de água para o enfrentamento dos futuros períodos de estiagem.

Ramon Barros

é jornalista

 

Comentários