Menu

quinta, 16 de agosto de 2018

Moda Muda: Elian Ramile Guimarães – Persona

Dez entre 10 pessoas que me procuram para consultoria de personal branding querem imprimir uma imagem de profissional bem sucedido.

Muitas vezes já é e não se sente seguro, ou ainda não é, mas precisa criar essa persona (não julgue mal essa necessidade, porque quando se estabelece uma imagem com confiança, as coisas podem acontecer mais rapidamente – fato!).

Afinal, como se faz isso? De forma prática, digo que você deve começar sabendo o que é ser bem sucedido em sua atividade. Isso começa fazendo aquela famosa autoanálise.

Quero ser considerado moderno? Conservador? Simpático? Criativo? Poderoso? O que te vem à mente? Qual efeito você acredita que um profissional bem sucedido em sua área projeta aos outros?

Depois desse exercício ficam mais claros os valores a serem trabalhados. Use como inspiração uma pessoa da área, alguém que você admira, que te passa os mesmos conceitos que você quer aplicar em você. Cada um tem sua lógica. Ela pode ser bem clara de ser entendida.

Steve Jobs (fotos), por exemplo, após uma visita ao Japão, quis saber o porquê do uso de uniformes pela Sony. A resposta do Sr. Morita, o todo poderoso do grupo, foi que no pós guerra os funcionários não tinham dinheiro para comprar roupa e o uniforme foi uma maneira prática de resolver essa questão. Acabou estabelecendo um novo padrão para organização visual nas empresas.

No final das contas, Jobs pediu para o estilista Issey Miyake que fizesse uma adaptação da gola rolê que ele gostava de usar e escolheu a cor preta para eternizar sua marca pessoal. Hoje muitas pessoas se apropriam desse conceito minimalista e super prático do Steve Jobs para compor seus looks.

O que isso quer dizer? Para escolher sua mensagem visual, você precisa saber de você! Como você quer ser visto! Seria como uma pessoa objetiva que não perde tempo, ou quer ser exemplo de discrição?

Ou aquele que valoriza os detalhes como no caso da famosa Iris Apfel, que, não se achando bela e querendo ter destaque na sociedade, quis criar uma figura “over” que não tem medo de se expor ou ser julgada equivocada?

Ela se apropriou de acessórios e cores contrastantes e nunca mais parou! Acabou de lançar um livro aos 96 anos e influencia nações!

Ok, polarizei! Fiz assim para que ficasse mais fácil a percepção de valores de forma imediata.
Ser bem sucedido começa na relação de autoconhecimento e em uma postura confiante que vem após essa primeira fase. Façam suas escolhas e se for muito difícil fazer sozinho, contrate um profissional para tornar esse processo mais fácil. Muitas vezes a chave está na porta. O que precisamos (fazendo metáforas mesmo!), é alguém para ajudar e virar a maçaneta.

Elian Ramile
Consultoria de Imagem
55 27 981229444

https://www.facebook.com/pages/Elian-Ramile-Consultoria-De-Imagem/197837903610847

Comentários