Menu

tera, 11 de dezembro de 2018

Evento no Sebrae ES recebe empresas que procuram investidores para impulsionar negócios

Empresários poderão receber aporte financeiro de

investidores-anjo

 

 

Um dos maiores desafios para jovens empresas inovadoras é o acesso a capital. Pelo menos 40% das startups que fecharam as portas nos últimos três anos apontaram essa dificuldade como principal motivo.

Por conta desse alto índice de mortalidade, o Sebrae vai realizar o projeto “Capital Empreendedor”, para aproximar empresas de possíveis investidores.

Os empresários capixabas interessados em receber um aporte financeiro poderão participar da apresentação do projeto, no dia 24 de julho, no auditório da instituição, na Enseada do Suá.

Depois dessa apresentação, será realizada a seleção das empresas que vão participar do projeto por meio de workshops e mentorias. Dessa forma, os empresários estarão prontos para apresentar seus negócios inovadores e buscar um aporte financeiro.

No financiamento por meio do Capital Empreendedor, um investidor de risco aporta recursos no negócio em troca de direito de participação societária, geralmente minoritária, de uma empresa de capital fechado. O superintendente do Sebrae ES, José Eugênio Vieira, ressalta a importância dessa possibilidade de capitalização do negócio.

– “A possibilidade de receber aportes de fundos de investimento é extremamente benéfica para o pequeno negócio. Além do recurso financeiro, os investidores trazem para a  empresa seus conhecimentos de mercado, suas experiências e seu network, é o que chamamos de smart money”, explicou.

O aporte pode ocorrer em diversos momentos de um projeto. Assim, o capital empreendedor é diferente de um empréstimo, já que o investidor aporta os recursos na empresa em troca do direito de uma participação societária, com objetivo de vender essa participação após alguns anos, por um valor superior ao que ele pagou.

A importância de aporte financeiro para a sobrevivência e prosperidade de pequenos negócios ficou evidente na pesquisa feita com empresas do programa InovAtiva Brasil, a maior plataforma brasileira de pré-aceleração de startups. A pesquisa ouviu 1.044 empresas em dezembro passado. Dessas, 30% informaram a decisão de fechar as portas. O projeto conta com a participação de investidores-anjo, aceleradoras, plataformas de equity crowdfunding, fundos de investimento e empresas investidas.

O projeto Capital Empreendedor também acontecerá nos estados de São Paulo, Maranhão e Mato Grosso. A expectativa é que sejam capacitadas em torno de 120 empresas ao todo. Os dados levantados sobre o índice de mortalidade de pequenos negócios no Brasil são frutos de pesquisas do Sebrae e do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), parceiros no InovAtiva Brasil, cuja execução é feita pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi).

Serviço

Apresentação do Capital Empreendedor

Data: 24 de julho

Horário: 8h30m

Local: Auditório do Sebrae ES – Rua Belmiro Rodrigues da Silva, 170, Enseada do Suá, Vitória.

Inscrições gratuitas: 0800 570 0800 ou www.es.sebrae.com.br

Denise Povoa e Lurdinha Perovano, da Criar Comunicação Integrada

Comentários