Menu

quinta, 18 de outubro de 2018

Aqui Rubens Pontes: Meu poema de sábado – A criação do mundo, da cordelista Sírlia Lima

 

Finalmente reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil, a literatura de Cordel

deverá ganhar novos espaços nas salas de aula e nas bibliotecas, vista como

importante contribuição para ampliar o conhecimento de uma das mais importantes

e espontâneas manifestações artísticas populares, principalmente do Nordeste brasileiro.

A criação do mundo e dos homens que o habitam são temas recorrentes na literatura de Cordel.

Uma abordagem divertida e bem humorada sobre a descendência de Adão e Eva trata, como nos repentistas,

é pontuada de interrogações – as mesmas provocadas com a publicação da última coluna sobre

poesia publicada no Portal Don Oleari.

Voltemos lá.

O Livro dos Jubileus narra ter Adão vivido 930 anos (Gênesis 3.5), sete deles no Paraíso.

A Bíblia e o Alcorão confirmam Adão e Eva como o primeiro casal criado por Deus. Foram colocados

no Éden para ali viver e encher a Terra com seus descendentes:

“Frutificai e multiplica-vos e enchei a Terra” (Gênesis,1:28). Cumprindo as ordens do Criador, tiveram filhos e filhas (Gênesis,5:7),

mas a Bíblia não menciona o número total deles. Abel e Caim foram os primeiros. Depois do assassinato do irmão, Caim saiu da presença do Senhor e habitou a terra de Node, onde conheceu sua mulher que concebeu e deu à luz a Enoque (Gênesis 4: 16 e17).

Diz apenas que, depois de Caim e Abel – o terceiro filho, Sete, nasceu quando Adão já contava 130 anos de idade.

Cheia de simbolismo, a história da criação do Mundo e principalmente de Adão e Eva é repleta de interrogações para as quais não há respostas convincentes, senão pela fé.

Sírlia Lima – cultivando Literatura de Cordel – fala da Criação do Mundo na linguagem dos cantadores e completa, com seus versos,

o que esta coluna teve a pretensão de contar. É nosso poema de sábado.

Á esquerda, a cordelista exibe seus cordéis; à direita, recebe homenagem da Câmara Municipal de Natal, Rio Grande do Norte.

Rubens Pontes

Capim Branco, MG

 

A CRIAÇÃO DO MUNDO

Sírlia Lima

Atenção lindas crianças
Uma história vou contar
É da criação do mundo
Que eu vou lhes falar
Preste bastante atenção
Para não se enganar

Deus sabe todas as coisas
Sabe de tudo enfim
Resolveu criar o mundo
Pra você e para mim
Temos que cuidar dele
Pra não ter triste fim

Sobre a criação do mundo
Vou falar passo a passo
Pra você compreender
E não ter mais embaraço
Sobre as coisas de Deus
E entrar nesse compasso

No primeiro dia
Deus fez uma opção
Criou o céu e a terra
Para não haver confusão
Chamou a luz de dia
E a noite de escuridão

No segundo dia
A água Deus quis separar
As águas se dividiram
Entre o céu e o mar
Um azul tão vibrante
Que dá gosto de se olhar

No terceiro dia
As águas Deus veio juntar
Para termos terra fértil
Muito boa de plantar
Dando árvores frutíferas
Para nos alimentar

Como Deus é perfeito
Não podemos duvidar
Nos poderes dele
Temos que acreditar
Ele criou as maravilhas
Que temos que admirar
No quarto dia
Deus fez separação
Entre o dia e a noite
Com mais uma criação
O sol para iluminar o dia
E a lua, a escuridão

Criou também as estrelas
Que também luz irradia
Para acompanhar a lua
E nos trazer alegria
Um céu bem estrelado
Regado de poesia

A lua e o sol
Tem mais de uma função
Eles são determinantes
Do clima, da estação
Se for frio é inverno
Se for quente, é verão

Isso tudo é verdade
Não é imaginação
A terra se movimenta
E faz sua rotação
Em torno de si mesma
Ou do sol, que é translação

No quinto dia Deus pensou
Que algo iria faltar
Criou as aves do céu
E os peixes do mar
Embelezando a natureza
Para que nada pudesse faltar

Deus fez acontecer
A sua imaginação
Desejou um mundo
Sem dominação
Sem que houvesse guerras
Ou qualquer destruição

E no sexto dia
Deus procedeu assim
Criou os animais
Para você e para mim
Criou também o homem
Não pra ser ruim

A obra que Deus criou
Faltava se completar
Adão estava triste
Sem ter com quem conversar
Da costela de Adão
Eva veio despertar

Deus criou o Jardim do Éden
E chamou Eva e Adão
Obedeçam minhas ordens
Não andem na contramão
Na árvore do bem e do mal
Não coloque sua mão

Deus é o Senhor do mundo
Temos que lhe respeitar
Eva não obedeceu
E o mundo veio mudar
Mas essa é outra história
Que Depois vou te contar

Sírlia Lima

Rubens Pontes,

jornalista, radialista, publicitário,

escritor – Passos, saltos & queda – livro de Rubens Pontes no linki abaixo: https://rubenspontes.com.br

Comentários