Menu

segunda, 10 de dezembro de 2018

Sebrae festeja Dia Nacional das Micro e Pequenas Empresas com mais de 8 mil negócios novos

No dia Nacional das Micro e Pequenas Empresas, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae ES) celebra a abertura de novos negócios no Estado.

De acordo com dados da Junta Comercial do Espírito Santo (JUCEES) 8.117 foram abertos de janeiro a agosto, sendo 99% de pequeno porte.

Para o superintendente do Sebrae, José Eugênio Vieira, as micro e pequenas empresas são a sustentação da economia, não só do Espírito Santo, mas de todo o Brasil.

– “São os pequenos negócios os responsáveis pela geração de emprego e pelo aumento da renda dos capixabas. Ainda que estejamos vivendo um período de dúvidas e recessão, esse crescimento mostra que o empreendedorismo não se curva a situações desfavoráveis”, explicou.

A empreendedora Fabrícia Albuquerque é bom exemplo. Ela foi demitida de seu emprego e decidiu investir numa fábrica de biquínis e moda fitness. O negócio deu tão certo que ela resolveu expandir e abriu, em sociedade com Cristiane Lopes, uma loja de moda feminina em Vila Velha/ES, a Resyliun.

– “Não existe crise que te impeça de ser criativo e lucrar montando seu próprio negócio. Fiz capacitações com o Sebrae e desenvolvi com a minha sócia uma loja que é a nossa cara. Entendemos que personalização e conhecimento sobre o que nosso público precisa, em termos de produtos e relacionamento, é o nosso diferencial”, conta realizada.

Outro exemplo é Penha Ribeiro. Tinha uma carreira bem estruturada como podóloga, quando resolveu dar um tempo para cuidar da família e do filho, Lorenzo. Apaixonada por cozinha, buscou atendimento do Sebrae e descobriu que é possível e viável ganhar dinheiro fazendo o que se gosta.

Penha abriu, no início do ano, a Pronto No Prato Congelados Artesanais e entrega os produtos em vários pontos da cidade. Seu negócio tem sido tão próspero que Penha já conta com uma auxiliar na produção.

– “Sempre soube que o Sebrae é especialista em pequenos negócios, e foi assim que busquei ajuda quando resolvi empreender. Eu nem sabia qual seria meu ramo de atuação, mas através das consultorias, cheguei à conclusão que a alimentação seria a melhor área para mim. Também participo sempre das capacitações – cursos, seminários, oficinas e palestras – para me preparar e me manter atualizada. O Sebrae sempre tem muita informação, basta buscar”, aconselha.

Serviço

Abertura de novas empresas no Espírito Santo (JUCEES):
JAN – FEV – MAR – ABR – MAI – JUN – JUL – AGO – TOTAL

706  – 888 – 1.106 – 943 – 1040 – 1.137 – 1.104 -1.193 – 8.117

99% das empresas capixabas são de pequeno porte.

Comentários