Menu

quarta, 14 de novembro de 2018

Seu corpo no horário de verão: Jéssica Polese, especialista em Medidicina do Sono

 

Começou o horário de verão. Enquanto muitas pessoas comemoram uma hora a mais de sol no fim da tarde, outras reclamam que sentem mais cansaço, dificuldade na hora de dormir e até falta de apetite.

A médica especialista em Medicina do Sono, Jéssica Polese, explica que esses e outros sintomas são comuns devido à alteração no relógio biológico, que precisa se adequar novamente.

– “Como escurece mais tarde, a produção da melatonina, hormônio que regula o sono, sofre uma diminuição. Geralmente nosso organismo pode levar até 14 dias para se adaptar à mudança, dependendo de cada pessoa”, diz a médica, que recomenda preparar o corpo para a mudança duas semanas antes da troca de horário.

A principal dica é acostumar o organismo a dormir mais cedo.

– “Comece a deitar 15 minutos antes, depois passe para meia hora, até conseguir dormir uma hora mais cedo do que de costume, assim o corpo não sentirá tanto impacto ao acordar uma hora antes no dia seguinte”, explica.

Segundo Jéssica Polese, investir na chamada higiene do sono pode ajudar durante essa fase transitória.

– “Cerca de 30 minutos antes de dormir procure fazer algo que te relaxe. Evite conteúdos de televisão agressivos, pois eles podem afetar a qualidade do seu sono. Tome um banho morno, esteja num ambiente arejado e limpo. Isso pode ajudar”, recomendou a médica.

– “A prática de exercícios físicos também pode ser uma boa aliada pra garantir uma boa noite de sono”, avalia a especialista.

Denise Povoa e Lurdinha Perovano – Criar Comunicação Integrada

Comentários