Menu

sexta, 15 de novembro de 2019

Alencar Garcia de Freitas: Vitória, uma senhora idosa muito pra frente

No próximo dia oito, dona Vitória estará celebrando mais um ano de vida e, apesar de tão idosa, continua muito pra frente, principalmente por conta de alguns dos seus bairros localizados na região Norte da cidade, como Bento Ferreira, Praia do Suá, Praia do Canto, Jardim da Penha, Goiabeiras, Jardim Camburi e outros bairros.

Outro privilégio que a cidade desfruta é o fato de sua fundação haver acontecido no dia de Nossa Senhora da Vitória, comemorado nessa data. Suas praias, inobstante o inconveniente da poluição causada pelo pó de minério e eventuais vazamentos de esgotos, ainda assim seriam a maior atração, e mais ainda se os gestores públicos agissem com maior competência.

É difícil encontrar alguém que, tendo deixado seus estados de origem e mudado para cá, não tenha se apaixonado por esta cidade, proclamando-a como a grande paixão da vida dele.

Um dos espaços públicos mais gostosos de Vitória, na divisa com o município da Serra, é o Parque da Fazendinha, bem arborizado, cheio de grama verde e lagos bem cuidados, espaço esse que nos dias de domingos e feriados são inteligentemente usados por famílias com crianças dos bairros vizinhos.

Houve um tempo em que se batia muito na tecla “Viver é ver Vitória”; talvez o município, por meio de sua Secretaria de Turismo, devesse trabalhar mais em cima dos pontos fortes de Vitória, que são muito maiores do que os fracos.

Por exemplo, apesar de o território da ilha ser pequeno, comparado com os outros territórios da Grande Vitória, ele conta com uma vasta área verde, incluindo aí o seu manguezal, que é credor de um marketing bem melhor, como um contraponto com a indesejável e lamentável poluição das praias, como registrado acima.

Vista por cima com suas montanhas ou por baixo, com suas praias e manguezais, Vitória é, realmente um amor de cidade.

Precisamos, principalmente como vitorienses, trabalhar fortemente a construção de uma melhor imagem da nossa capital, que tem tudo para continuar sendo uma “idosa muito pra frente”.

Alencar Garcia de Freitas

é jornalista aposentado

Comentários