Menu

domingo, 29 de novembro de 2020

Aqui Rubens Pontes: Meu poema de sábado – All I Ask Of You, The Phantom Of The Opera

 

 

Enquanto ligo o computador, ouço em background Richard Clayderman executar ao piano “All I Ask of You” e me arrepio certamente pela coincidência:

lera, domingo passado, em “Megera Domada”, ser “a música a padroeira da celeste harmonia” e agora a composição de Andrew Lloyd Webber para a peça “O Fantasma da Ópera” me transmite serenidade diante da desarmonia que balança as estruturas políticas brasileiras.

A tchiurma do Portal Don Oleari certamente aplaudirá a iniciativa do colunista ao escolher o belo poema que é a letra de “TUDO QUE EU PEÇO DE VOCÊ” para leitura neste sábado.

O grande destaque é a execução pelo pianista francês Philippe Robert Louis Pagès, mundialmente admirado como Richard Clayderman, com mais de 65 milhões de discos vendidos e cerca de duzentos concertos por ano.

Richard Clayderman esteve no Brasil várias vezes (1999, 2002, 2008, 2014 e 2016), aplaudido por grande público ao interpretar composições como “For Love”, “Letter to my Mother”, “Ballade pour Adeline”.

Em 2002, acompanhado por um conjunto de nove músicos executou músicas brasileiras, como “Samba de uma Nota Só”.

A escolha da Coluna, com um “bravo!” do Poderoso Chefão – o diálogo entre Christine e Raoul – coincide com nossa procura de amor, de liberdade, em um mundo sem noites –

“Tudo que eu peço de você” – um poema que toca almas e corações.

Rubens Pontes
Capim Branco, MG

jornalista

All I Ask Of You
The Phantom Of The Opera –


RAOUL:

Não vamos mais falar da escuridão
Esqueça esses medos
Eu estou aqui, nada pode te ferir
Minhas palavras iram te aquecer e te acalmar
Deixe-me ser sua liberdade
deixa a luz do dia secar suas lágrimas
Eu estou aqui, com você, ao seu lado
pra te guardar e te guiar

CHRISTINE
Diga que me ama a cada momento
vire minha cabeça com conversas sobre o verão
Diga que precisa de mim com você,
agora e sempre….
Prometa que isso tudo que você diz é verdade
Isso é tudo o que te peço

RAOUL
Deixe-me ser seu abrigo,
deixe-me ser sua luz
Você está segura:
ninguém te achará, seus medos estão longe


CHRISTINE

Tudo o que quero é liberdade
um mundo sem noites…
e você sempre ao meu lado
para me segurar e me esconder…

RAOUL
Então diga que compartilhará comigo um amor, uma vida
Deixe-me conduzir você dessa sua solidão…
Diga que precisa de mim com você aqui, do seu lado…
Qualquer lugar que você for, deixe-me ir também
Christine, isso é tudo o que te peço…
CHRISTINE
Diga que compartilhará comigo um amor, uma vida
Diga a palavra e eu seguirei você…

OS DOIS
Compartilhe comigo cada dia, cada noite, cada manhã…

CHRISTINE
Diga que me ama…

RAOUL
Você sabe que amo…

OS DOIS
Me ame
Isso é tudo o que te peço…
Qualquer lugar que você for, deixe-me ir também
Me ame, isso é tudo o que te peço…

 

 

Comentários